Logo CAA Original

Conteúdo disponibilizado pelo CAA/NM


Exceto quando indicado, o conteúdo desse website está licenciado sob a licença internacional
Creative Commons Versão 4.0 creative commons

Visite o nosso site: www.caa.org.br
Cooperativa de Apicultores do Vale do Jequitinhonha busca avanços na Gestão

Publicado em 16 de Outubro de 2015 às 15:43

Cooperativa de Apicultores do Vale do Jequitinhonha busca avanços na Gestão

Por Fabiano C. César

 

O cooperativismo é uma estratégia de fortalecimento das ações de agricultores e agricultoras familiares no semiárido mineiro. Muitas experiências exitosas, de superação de desafios e conquistas coletivas, se alastram pelo Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha. Para conhecermos mais uma dessas experiências acompanhadas pelo MAIS GESTÃO, visitamos a COOAPIVAJE – Cooperativa de Apicultores do Vale do Jequitinhonha e conversamos com o Responsável Técnico do Entreposto Renato Alves de Souza.

Como é o papel do MAIS GESTÃO em relação a Cooapivaje?

Renato: No inicio do ano, nós apontamos algumas demandas que o MAIS GESTÃO poderia nos ajudar. A primeira delas foi o desenvolvimento da marca. O MAIS GESTÃO está custeando uma empresa de design, para nos orientar e propor algumas marcas, porque avaliamos que a marca que possuímos não está adequada com a nossa realidade. Queríamos algo mais autêntico, mais natural, próximo e que divulgasse a nossa região.

Outro ponto é na elaboração do site. O MAIS GESTÃO também está nos ajudando. Outra questão, é a realização do calculo, para acharmos a quantidade mínima de mel que temos que processar por ano para pagar os custos do entreposto. Também foi elaborado o plano de aprimoramento, que na verdade apontou as demandas da cooperativa. Foi mais um plano de ação.

O que você destaca nas ações do MAIS GESTÃO?

Renato: Estamos passando por um momento atual que precisamos avançar e amadurecer a parte de gestão. Até poucos meses atrás nossos esforços era para obter o SIF- Sistema de Inspeção Federal, tivemos que fazer uma série de adequações, encaminhamos documentação para o Ministério da Agricultura e estamos no aguardo no trâmite legal para conseguir o SIF. Agora vem o pós SIF. Conseguimos, e agora como vai se dar? Como vai ser a relação com os Apicultores? Qual a quantidade de produtos que vamos beneficiar? Qual a quantidade mínima que precisamos beneficiar para manter o entreposto? Esse é ponto de equilíbrio.  Quais estratégias vamos utilizar para colocar o produto no mercado. Porque a comercialização é uma arte. A parte de gestão não faz parte do dia a dia. A parte da produção tudo bem, as boas práticas no dia a dia, já temos domínio. Mas quando falamos em gestão! Vemos isso como um desafio muito grande. Não temos isso muito desenhado. A parte externa, a relação com o mercado e com os Apicultores estamos construindo e o MAIS GESTÃO tem somado esforços. Tanto é que a logomarca está nos ajudando. Porque dependendo no nicho de mercado que vamos entrar, a marca abre portas. A parte do custo, acharmos o ponto de equilíbrio, é algo fundamental, tudo isso tem ajudado.

O que o MAIS GESTÃO tem nos ajudado e construir e conseguir visualizar toda a parte de gestão da cooperativa, desde o produto sair lá do Apicultor e chegar no consumidor.


Postado por: Fabiano Cordeiro César